CAETANO BUS acelera na mobilidade sustentável

Em 2010 a CaetanoBus decidiu que o futuro da empresa passava pelos veículos “zero emissões” e foi nesse caminho que se dirigiu a boa velocidade. Desde então, a empresa investiu mais de 8 milhões de euros em projetos de mobilidade elétrica e dá cartas – em Portugal e no mundo – no que diz respeito à mobilidade sustentável. Este mês vai fazer a apresentação mundial do seu novo autocarro movido a hidrogénio, o H2.City Gold. A CaetanoBus exporta 80% da sua produção e é uma das empresas patrocinadoras do projeto Exportadoras Outstanding.

mobilidade elétrica

A questão da mobilidade com emissões zero ou muito reduzidas é cada vez mais um assunto, nomeadamente nos grandes centros urbanos. A transição de motorizações diesel para elétricas ou outras sustentáveis é um imperativo para atingir as metas de descarbonização em todo o mundo. Em Portugal, Guimarães foi a primeira cidade a ter um autocarro urbano 100% elétrico. Foi o primeiro autocarro urbano elétrico a ser vendido pela Caetano Bus. Depois disso, a empresa não tem parado de inovar e investir e o mundo tem sido o destino dos autocarros e.City Gold. Além destes autocarros circularem em vários municípios portugueses, como Porto, Braga, Aveiro e Lisboa, também vão circular com volante à esquerda… pelas ruas de Londres.

A operadora Abellio encomendou recentemente 34 unidades do modelo e.City Gold para Londres. Estes serão os primeiros autocarros elétricos Caetano a circular no Reino Unido ao serviço dos Transportes de Londres e o seu fornecimento vai iniciar-se em março de 2020. Os responsáveis da CaetanoBus dizem-se “muito orgulhosos” por terem sido selecionados pela Abellio para reforçar a sua frota com veículos amigos do ambiente. Este negócio é um grande passo em direção ao compromisso da empresa de fornecer soluções mais seguras e sustentáveis no mercado europeu. Atualmente, a empresa também está presente em concursos que estão a decorrer noutros países.

O investimento feito pela CaetanoBus em mobilidade sustentável ao longo da última década traduz-se em investigação e desenvolvimento em engenharia, formação e aquisição de competências. A empresa desenvolveu o e.Cobus, o primeiro autocarro do mundo 100% elétrico exclusivo para operar em aeroportos. Seguiu-se o autocarro elétrico e.City Gold, um produto 100% CaetanoBus. Agora está em finalização o projeto o H2.City Gold, que vai ser apresentado a nível mundial este mês de outubro na Busworld em Bruxelas.

O H2.City Gold é o novo autocarro elétrico a hidrogénio da CaetanoBus. Este veículo amigo do ambiente está equipado com uma célula de combustível Toyota e é resultado da elevada capacidade de engenharia da CaetanoBus. Tem autonomia para 400 km num único abastecimento, uma característica diferenciadora no mercado de autocarros a hidrogénio. Destaca-se também pela sua modularidade, conforto, segurança e usabilidade, adaptando-se facilmente a qualquer ambiente urbano. Este é um projeto inovador que reflete os benefícios económicos e ambientais do hidrogénio rumo a uma sociedade descarbonizada, mais um passo significativo no desenvolvimento de soluções de mobilidade para o transporte coletivo de passageiros com zero emissões.

A CaetanoBus já tem alguns compromissos finais para colocação deste produto no mercado e está a participar em concursos europeus para o fornecimento de autocarros a hidrogénio para vários destinos.