BONDALTI

Qualidade e inovação: a química do sucesso

A Bondalti é o maior produtor português no sector da química industrial. Integrada na José de Mello, um dos maiores grupos económicos portugueses, cuja origem remonta ao século XIX, a Empresa tem no seu ADN uma forte vocação empreendedora e um constante compromisso com a Inovação.

As duas áreas essenciais em que atua são uma expressão dessa tendência histórica: a Bondalti opera na produção de químicos industriais, os materiais do presente, bem como na produção e desenvolvimento de materiais nanoestruturados, a Química do futuro.

Na área de químicos industriais, a Bondaldi é um player mundial de referência na produção de químicos orgânicos – anilina e derivados – e na produção de químicos inorgânicos – produtos cloro-álcalis, tendo concluído em 2010 o projeto de duplicação da sua capacidade produtiva em Estarreja, a qual será reforçada em 2019 com a abertura de uma nova unidade industrial na região da Cantábria, Espanha.

Na Química mais moderna e disruptiva, a Innovnano, detida pela Bondalti, inaugurou no final de 2012 uma unidade com tecnologia inovadora e focada na produção de materiais cerâmicos nanoestruturados, apresentando os seus produtos características únicas, decorrentes do seu processo produtivo, que potenciam as suas aplicações.

A Bondalti é, assim, um produtor industrial químico de excelência, com longa experiência, que procura sempre aplicar as melhores tecnologias e práticas disponíveis, introduzindo sistematicamente melhorias nas suas operações e sempre otimizando os seus processos. Na produção de anilina, um dos seus principais produtos, a Bondalti detém tecnologia proprietária, assim como na produção de nanomateriais; no cloro-álcalis utiliza a tecnologia mais sustentável, eficiente e ambientalmente recomendável. A eficácia, a segurança e a qualidade dos seus produtos são pontos fundamentais da sua atuação.

Na Química mais moderna e disruptiva, a Innovnano, detida pela Bondalti, inaugurou no final de 2012 uma unidade com tecnologia inovadora e focada na produção de materiais cerâmicos nanoestruturados, apresentando os seus produtos características únicas, decorrentes do seu processo produtivo, que potenciam as suas aplicações.

Sintomático desta aposta constante no avanço tecnológico e na descoberta de novas soluções é o facto de, atualmente, cerca de 26% dos colaboradores desempenharem atividades centradas na Investigação, Desenvolvimento e Inovação.

A Bondalti executa uma gestão ativa da propriedade intelectual, o que se traduz num portfólio com 12 famílias de Patentes, 14 artigos científicos publicados em 2017 e mais de 35 parcerias e 45 projetos de IDI em curso.

Num mercado cada vez mais global, a Bondalti alia à qualidade dos seus produtos uma constante procura por soluções inovadoras e ajustadas às necessidades de cada geografia. Este é um dos fatores fundamentais de competitividade nos mercados de exportação.

Uma forte vocação internacional

A Bondalti exporta 90% da sua produção, representando uma significativa contribuição para a balança comercial portuguesa.

É um dos maiores produtores mundiais de anilina, ocupando o 1º lugar de vendas em mercado aberto na Europa. Fornece anilina a grandes clientes internacionais para países como a Bélgica, Holanda, Hungria e Alemanha, entre outros. Em Portugal, através do modelo de negócio Over-The-Fence, a anilina Bondalti é vendida para o fabrico de produtos também para exportação.

A empresa é, igualmente, líder ibérica de Cloro-Álcalis, fornecendo um conjunto alargado de clientes no mercado ibérico e noutras regiões, principalmente em África.

A companhia detém instalações fabris e logísticas em Portugal e Espanha, com especial relevo para as unidades de Estarreja, cujo projeto de duplicação da capacidade produtiva, realizado em 2010, permitiu dar resposta efetiva aos mercados de exportação, que absorvem hoje a maioria da produção deste complexo na região de Aveiro. O ano de 2019 será, de resto, marcante na estratégia de internacionalização da Bondalti, fruto da abertura de uma nova fábrica em Torrelavega, na região espanhola da Cantábria.

Durante o ano de 2017, a empresa movimentou cerca de 1.970 mil toneladas de produtos químicos com origem ou destino nas suas fábricas, o que representa um aumento de cerca de 336 mil t face a 2016. Este aumento deveu-se à maior atividade produtiva das fábricas, com reflexo imediato na receção de matérias-primas e expedição de produtos acabados.

Encaramos a partilha de conhecimento e de experiência como uma responsabilidade das empresas dentro da sociedade em que se inserem. Acreditamos que é desta troca de ideias que nasce o verdadeiro desenvolvimento socioeconómico. Aderimos, por isso, ao projeto ‘Exportadoras Outstanding’ na expectativa de que o nosso contributo possa reforçar o caminho da competitividade e estimular a inovação.

João de Mello, Presidente da Bondalti